5 de dezembro de 2016

Conheça a Missão Lunar que acabará de uma vez por toda sobre a farsa do homem ter pisado na Lua.

Design do módulo ALINA. Créditos: PT Scientists.
Design do módulo ALINA. Créditos: PT Scientists.
O Lunar X-Prize Google (GLXP) é uma competição sem precedentes para desafiar e inspirar engenheiros, empreendedores e inovadores de todo o mundo para desenvolver métodos de baixo custo de exploração espacial robótica. Seu principal objetivo é pousar uma nave espacial robótica na Lua, e transmitir vídeo de alta definição e imagens. A equipe que conseguir tal feito, receberá 30 milhões de Euros. 

Como um "reality show" esse programa começou em 2010 com  33 equipes. Neste ano de 2016 apenas 16 equipes permanecem na competição. O Google Lunar X-Prize exige que seus competidores enviem suas sondas para a Lua em 2017

Uma equipe alemã do Lunar X-Prize anunciou seus planos para enviar duas sondas móveis para a Lua que irão inspecionar a sonda deixada pela missão Apollo 17.  O grupo, conhecido como PT Scientists, é um dos 16 times disputando os US$ 30 milhões em prêmios do Google Lunar X-Prize.

A PT Scientists está planejando enviar suas sondas para a área em que os astronautas da Apollo 17 exploraram a Lua em 1972, do dia 11 de dezembro ao dia 14 de dezembro. Esta foi a última vez que os humanos visitaram o solo lunar. Se a missão da PT Scientists for bem sucedida, será a nossa chance de comprovar a veracidade da ida do homem à Lua. 



A equipe espera pousar suas sondas a cerca de 2 ou 5 km do local exato da Apollo 17, na região do vale de Taurus-Littrow. Dali, os veículos iriam ser conduzidos a menos de 200 metros da rover Apollo para inspecioná-la remotamente. De acordo com as diretrizes de preservação da NASA, os veículos da PT Scientists não podem pousar a menos de 2 km de distância e não podem chegar a menos de 200 metros do local da Apollo. É um local com uma herança preciosa e a NASA gostaria que fosse preservado.
Com esse limite, as sondas devem conseguir analisar o veículo da Apollo e avaliar sua condição, incluindo possíveis danos causados por radiação intensa, temperaturas extremas e micro-meteoritos.

A equipe PT Scientists está trabalhando atualmente com a montadora alemã Audi para desenvolver o rover. 

O primeiro time que conseguir pousar uma sonda na lua e atender os requisitos básicos irá receber o prêmio de US$ 30 milhões, enquanto a segunda equipe que atingir o objetivo receberá US$ 5 milhões. Alguns prêmios extras serão dados se conseguirem fazer mais do que o básico, como navegar por distâncias maiores, detectar água congelada e encontrar os locais marcados pelas missões Apollo.


Bibliografia:

Disponível em: <https://en.wikipedia.org/wiki/Google_Lunar_X_Prize> Acesso em: 5 de dez. 2016.



Disponível em: <http://www.msn.com/pt-br/noticias/ciencia-e-tecnologia/miss%C3%A3o-de-equipe-alem%C3%A3-ir%C3%A1-provar-que-o-homem-realmente-foi-at%C3%A9-a-lua/ar-AAkZqG2?li=AA523q&ocid=spartandhp> Acesso em: 5 de dez. 2016.

Nenhum comentário:

Postar um comentário