quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Constelação de Orion, (Três Marias)



Constelação de Orion. 

       A constelação de Orion é 1 constelação das 88 existentes.
       Muitas pessoas já viram a constelação de Orion, ou parte dela, no Brasil as estrelas conhecida como "Três Marias" na verdade é o cinturão de Orion, muito fácil de se localizar, tanto no hemisfério norte como no henisfério sul, dependendo das condições celeste. 
       Orion ( na Mitologia Grega era um grande caçador, que foi morto pela sua amada).
       Ao localizar o cinturão de Orion (Três Marias), o restante de seu corpo é fácil de achar, pois forma um trapézio grande no céu a partir das "Três Marias" que se se localiza no cento (Figura-1).  
      Este trapézio é contituido pelas estrelas Betelgeus (O seu diâmetro varia entre 500 e 900 vezes o do Sol), Bellatrix, Saiph e Rigel (figura 2).
      Rigel e Betelgeus são as mais brilhantes na constelação.

                                    (Figura-1)                                                              (Figura-2)


      Lembrando que as três estrelas que conhecemos como "Três Marias" na verdade se chamam Mintaka, Alnilam, Alnitak, no centro de Orion.

       Geralmente a visão que temos de Orio olhando da Terra, é a seguinte, onde o mesmo parece está deitado(Figura-3).
                                                                     (Figura-3)

4 comentários:

  1. qual é o nome verdeiro das 3 marias ??

    ResponderExcluir
  2. ouu....... os três reis magos ^^
    ;-; me emociono todas as veses que olho para o céu, imaginando toma a imencidão, grandessa dele ^^...... más nunca me sentindo pequeno... más sim tão grande quanto, faço (fasemos) parte desse planeta, evoluimos com ele, bilhoês e bilhôes de anos..... como diria o cosmologo neill degrace " somos feitos de poeiras estelares
    "

    ResponderExcluir
  3. Cinturão de Orion.
    Ao ver fotos mais antigas do Cinturão de Orion, ou como é mais conhecido "Três Marias", tenho observado que das três (Mintaka, Alnilan e Alnitaka), a terceira teve seu brilho diminuído nas últimas duas décadas.
    Alguém mais que observa notou ou seria somente delírio meu ou algum outro acontecimento atmosférico que justifique a Alnitaka com um brilho mais fraco nestes últimos anos?

    ResponderExcluir