13 de abril de 2011

Por que o planeta Terra não está livre de asteroides?




Quando olhamos para o espaço, temos a leve impressão que tudo está tranquilo. Não precisamos preocupar com nada. Tudo está sendo regido dentro da naturalidade.  
    Mas estamos enganados, existe uma região entre os planetas Marte e Júpiter que contém milhares de asteroides (montanha rochosas) de vários tamanhos.  Estes asteroides fazem uma órbita em torno do Sol, esta orbita de asteroide é conhecida por "cinturão de asteroides".         
     Alguns asteroides não passam de cm de tamanho, outros já passam de quilômetros.
     Orbita dos asteroides, entre Júpiter e Marte.)
              
Existem várias teorias sobre este cinturão de asteroides, umas delas é que na formação do Sistema Solar, os planetas que conhecemos se formaram. Mas entre Marte e Júpiter por alguma perturbações gravitacionais provocadas pelo gigantesco planeta Júpiter, não se formou nenhum planeta deixando essas rochas em órbita. 
Outra teoria  afirma que existia um planeta, e o mesmo foi destruído ao se chocar com algum astro celeste. 
Mas o que me impressiona é que nessa órbita os asteroides se chocam entre si, e as vezes saem de sua órbita, muitos desses asteroides se chocam com o planeta Júpiter, devido a sua gravidade ser muito grande, mas outros asteroides ficam vagando pelo espaço, e muitos passam perto do nosso planeta Terra.
 Os cientistas só conseguem observar algum asteroide quando estes estão bem próximo de nós, pois eles não tem luz própria e fica difícil de localizar, o sol precisa iluminar os asteroide, e o mesmo funciona como um espelho assim como a lua, facilitando a localização.
Existem teorias da extinção dos dinossauros devido a um asteroide. Temos relatos de outros asteroides que chocaram com à terra. Um deles foi o da  Sibéria em 1908. 

Na floresta de Tunguska na Sibéria, um asteroide destruiu cerca de 2,2 mil km e arrasou 80 milhões de árvores, esta explosão foi inúmeras vezes maior que a bomba de Hiroshima, e este asteroide explodiu antes mesmo de se chocar no solo.
Em 2010 dois asteroides, cerca de 20 metros de diâmetros cada, passaram próximo da terra, tão perto que passou abaixo da orbita lunar, como podemos ver na figura abaixo.

Recentemente na Rússia (2013) um asteroide caiu sobre a cidade Cheliabinsk. Este asteroide desintegrou antes mesmo de se chocar no solo, mas sua explosão causou ondas de choque que destruíram edifícios e deixou janelas quebradas, mais de 1.000 pessoas foram feridas por estilhaços. O vídeo abaixo mostra o momento em que o asteroide entrou em contato com a atmosfera terrestre.


Em 2014 o asteroide 2014RC passou muito próximo da Terra. Mais sobre ele aqui.

No ano de 2004 cientistas da NASA descobriram um asteroide que passará próximo da Terra em 2029. O asteroide Apophis como é conhecido tem cerca de 450 metros, o suficiente pra fazer um estrago no planeta Terra.
No dia 31 de outubro 2015 um asteroide potencialmente perigoso passou perto da Terra. O mesmo foi descoberto apenas 3 semanas antes de passar perto do planeta Terra. O asteroide TB145 como ficou conhecido era bem grande, aproximadamente 650 metros, 32 vezes maior ao asteroide que explodiu no céu em Chelyabunk.
O próximo asteroide potencialmente perigoso que passará muito perto da Terra é o asteroide 2012 TC4, este asteroide passará por aqui em 2017. Sua distância entre à Terra será muito pequena, mas isso não significa que haverá uma colisão. 


Fonte:

http://www.galeriadometeorito.com/2015/04/asteroide-2012-tc4-encontro-perigoso-com-a-terra.html#.VcTW-PlViko

Nenhum comentário:

Postar um comentário