24 de novembro de 2015

Constelação de cisne.

Programa Stellarium.
A constelação de cisne é uma entre as oitenta e oito existentes. 
Cisne (Cygnus) é uma constelação do hemisfério norte, mas também pode ser visto no hemisfério Sul, com aparência de um cisne com as asas abertas (imagem ao lado), a constelação possui 50 estrelas visíveis a olho nu (sem o auxilio do telescópio).

No hemisfério sul, a constelação de cisne é melhor observado em cidades mais próximo da linha do Equador. Quanto mais ao norte, ou seja, mais próximo a linha do Equador, o observador poderá ver a constelação de cisne mais alto no céu. 
E quanto mais ao sul estiver o observador, mais difícil será sua visualização total da mesma, pois cisne estará abaixo da linha do horizonte.
Constelação Cisne. Estrela Deneb. Programa: Stellarium. 
A principal estrela desta constelação é a Deneb, ela é a mais brilhante e está na cauda do cisne, como se pode observar na imagem acima. 


Estrela Vega ao lado da constelação de cisne. Programa: Stellarium.

No Brasil, para se localizar a constelação de cisne, basta localizar a estrela Vega ao norte (imagem acima). Vega é a quinta estrela mais brilhante no céu noturno, pertencente a constelação de Lira. Cisne estará a sua direita.



Fonte:

http://www.asmaravilhasdoceuestrelado.com.br/2013/09/cisne.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário